Universidade do Porto é potência no desporto universitário internacional

cat_rib1

A Universidade do Porto, prestigiada instituição de ensino superior, conta com uma enorme panóplia de cursos é conhecida por “albergar” alunos tanto a nível nacional como internacional. Para além do sucesso académico dos estudantes, a UP é uma “incubadora” de grandes craques que têm demonstrado grandes sucessos, também dentro como fora do país, em várias modalidades do desporto, como Rugby, Futebol, Andebol, Ginástica, Natação, etc.

Os atletas universitários, têm feito um excelente trabalho e este verão representaram o nosso país na Coreia do Sul, mais propriamente, nas Universíadas (evento multidesportivo mundial) e atingiram várias conquistas, com destaque para a ginasta Filipa Martins, que trouxe “para casa” a primeira medalha portuguesa.

Na modalidade de andebol, é de salientar, os atletas Alfredo Quintana, Manuel Eduardo Borges, Carlos Santos e Pedro Seabra Marques, que ajudaram a equipa da Seleção Nacional Universitária de Andebol, a conquistar o 1º ouro de Portugal contra a equipa da Sérvia.

Já na competição de Remo, André Pereira, terminou a sua participação com um 9º lugar na classificação final em provas com um nível de competição elevadíssimo, o que demonstra, o seu profissionalismo.

Em Ténis, a UP conquistou duas medalhas de ouro e uma de prata na edição 2014/2015 do Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Ténis pares, que decorreu entre 25 a 27 fevereiro, na cidade da Maia.Os atletas Rita Vilaça (FDUP) e Afonso Vieira (FEP) venceram o título nacional em pares misto. A dupla Rita Vilaça e Raquel Mateus sagrou-se bicampeã nacional universitária em pares femininos, vincando novamente a sua superioridade. Em pares mistos a U.Porto venceu também a medalha de prata por Raquel Mateus e Diogo Calheiros. Rita Vilaça sagrou-se bi-campeã nacional de pares mistos 2015 e Raquel Mateus vice campeã nacional também de pares mistos.

No que concerne a Ténis de Mesa, Jorge Costa, foi um único participante português e na competição de Atletismo, a comitiva portuguesa contou com a atleta Daniela Cunha.

Perante os excelentes resultados alcançados durante a época,a 15 de julho realizou-se a VII Gala do Desporto da UP, onde foram homenageados os atletas que contribuíram para mais um ano de vitórias.

Fernando Parente, antigo estudante da universidade do Porto e atual membro da Comissão Executiva da Associação Europeia de Desporto Universitário (EUSA), foi o primeiro a ser galardão, recebendo o prémio Mérito Excelência.

Posteriormente, foram reconhecidos os “vencedores do ano”  em diversas categorias, realçando Marta Abreu na Natação e Jorge Viterbo, campeão nacional universitário de Xadrez. Já na categoria “Atletas do Ano”, Joana Mota na modalidade de Ténis de Mesa, foi distinguida como “Revelação do Ano” e Maria Teres Ribeiro no Atletismo foi galardoada com o “Reconhecimento Desportivo”.

Relativamente a outras modalidades, Natação e Futebol de 7 feminino, destacaram-se como “modalidade individual do ano” e “modalidade coletiva do ano”, respetivamente.

Na categoria de “Técnico do Ano”, Nuno Gramaxo (Rugby) foi reconhecido e Mariana Pinto (Zumba e Pilates) foi entregue o prémio de “Instrutor do Ano”.

Por último, André Viela, representando novamente o Xadrez, conquistou o prémio “Carreira Desportiva”.

E, como não podia deixar de ser, foi também entregue um reconhecimento aos atletas que participaram nas Universíadas 2015.

No entanto, os atletas da UP, não se deixaram ficar por aqui, quiseram ir “mais longe” e quanto aos Campeonatos Europeus Universitários, “motivação e dedicação” fizeram parte da “bagagem” dos atletas, que conquistaram 4 medalhas- entre as quais uma de ouro-, tendo sido o melhor ano nas competições europeias.

Luís Silva, foi o grande vencedor da medalha de ouro, representando ao melhor nível o Karaté português. Também na mesma modalidade, Inês Rodrigues alcançou a medalha de bronze.

No Rugby de 7´s feminino e futebol feminino, as atletas foram vice-campeãs europeias e campeãs europeias, respetivamente.

cat_rib2

Uma das atletas mais prestigiadas do Rugby que também participou no Europeu Universitário de Rugby 7 é Catarina Ribeiro (nas fotos) , capitã da Seleção de Rugby 7 da UP e bicampeã nacional universitária. A atleta recebeu, no passado dia 5 de outubro, o prémio de Jogadora do Ano atribuído pela  Federação Portuguesa de Rugby.

A Excelência Portugal falou com a atleta de 24 anos que além dtambém ajudou o Sport Clube do Porto a atingir o pódio (3.º lugar) no Campeonato Nacional de Sevens e sagrou-se vice-campeã europeia de Beach Rugby em representação de Portugal. Catarina mostrou-se extremamente feliz por poder representar a UP e o nosso país, sonha ser jogadora profissional e gostaria de ver o Rugby mais divulgado e apoiado.

Finalista do mestrado de Ensino da Faculdade de Desporto da U.Porto (FADEUP), Catarina descobriu a paixão pelo Rugby  apenas em 2012 mas tornou-se um caso meteórico de ascensão e progressão na modalidade.

Já em 2015, integrou a seleção nacional de Rugby Sevens que garantiu o 3º lugar no torneio europeu de repescagem para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016, cuja fase mundial se vai disputar no próximo ano.

cat_rib3

No que concerne a outras modalidades, a equipa de Basquetebol 3×3 masculino estreou-se na competição, ficando com o 9ºlugar e, individual com Pedro Catarino destacou-se na prova dos afundanços.

Em suma, depois de tantas vitórias, a U.Porto é considerada a instituição portuguesa com mais medalhas conquistadas.

Fotos:DR